MAPA MENTAL DO PRAZER

Se você já visitou um sex shop, deve ter se deparado com diversas opções de produtos e marcas.
E dentre todos itens oferecidos, você sabe qual o melhor?

O MAPA MENTAL DO PRAZER, é uma experiência para te ajudar a descobrir exatamente o que você precisa.

A auto avaliação serve para se perguntar sobre suas preferências. Como você está? Do que você gosta? Do que não gosta? O que gostaria de testar? Quanto mais sinceras forem as respostas, mas fácil acertar no resultado.

O Mapa Mental mostra as partes dos corpos e produtos que possam resolver as funções requeridas.
Com o link encurtado ou QR CODE você tem acesso a mais detalhes sobre a funcionalidade de cada um.
Detalhe que não recomendamos nenhuma marca específica, pois cada fábrica tem uma forma de desenvolver seu produto, ocasionando diferentes reações para cada tipo de pessoa. Ou seja, o ideal é você entender o que precisa e testar mais de uma marca para entender qual sua sensibilidade e restrição a eles.

 


PALESTRAS SEXY FAIR!!! Agende-se e não perca!

De 18 a 23 de abril teremos a Sexy Fair, uma super feira Erótica sobre todas as novidades do mundo erótico e sensual

E teremos diversas palestras, com as melhores profissionais do setor!

Abaixo, os horários, datas, palestrantes e assuntos para você já se organizar e aprender muito!
As palestras são em torno de 40min cada, ou seja, rápidas, objetivas e super esclarecedoras!

Mais informações no site www.abeme.com.br

 

Dia 18 de abril

16:20 – Érica Rambalde abre auditório de palestras (Musa inspiradora do filme De Pernas Pro Ar)

18:20 – Julia Teles apresenta o tema é Multiorgasmo feminino e com a orientação dos usos de produtos Intt

19:20h – Pedagoga e Sexpert palestram na SexyFair sobre o Sexo adolescente na era digital

20:20 – Chris Marcello na SexyFair: Como Driblar as Armadilhas do Casamento?

21:20 – Leila Cristina na SexyFair: Como usar o coaching para ter mais prazer na cama

 

Dia 19 de abril

16:20 – Claudia Marriel dará aula pratica de culinária afrodisíaca 

17:20 – Julia Teles apresenta dicas para sexo oral e delicias

18:20 – João e Lídia Ribeiro palestram sobre sexo, produtos eróticos e a fé cristã

19:20 – Gaia Qual a versão apresenta Mapa Mental do Prazer, Qual o melhor produto para você.

 

Dia 20 de abril

17:20 – Alyne Meirelles palestra sobre o Sexo Contemporâneo e era dos Nudes

18:20 – João e Lídia Ribeiro palestram sobre sexo, produtos eróticos e a fé cristã

19:20 – Julia Teles entra em cena uma aula completa de massagem sensual e erótica

20:20 – Claudia Petry dá dicas para as mulheres ficarem boas de cama

21:20 – Tatiana Presser palestra: Vem transar comigo!

 

Dia 21 de abril

16:20 –Julia Teles apresentadicas de sexo anal sem dor

17:20 – Adriana Khouri, empresária e ativista palestra sobre Amor em novos tempos

18:20 – Leila Campos palestra sobre como não perder a libido

19:20 – Dra. Katia Ferreira, Cirurgiã Dentista palestra sobre saúde e sexo oral

20:20 – Meu consolo, eu te amo com Ana Canziani 

 

Dia 22 de abril

16:20 – Julia Teles apresenta dicas de ginastica da vagina, em alta o pompoarismo

17:20 – Novidade: Drika Leão palestra sobre Hipnose sexual

18:20 – Carol Degani: BDSM e Lei Maria da Penha, o que precisamos saber?

19:20 – Luciana Walther, autora de “Mulheres que não ficam sem pilha” 

 

Dia 23 de abril

16:20 – Lídia Januth palestra sobre a Comunicação do Prazer 

17:20 – Psicopedagoga Christiane Andréa nos revela o empoderamento feminino

18:20 – Thais Plaza na traz a novidade do Marketing de Rede Erótico

20:20 – Julia Teles apresentahomem viril, mulher apertadinha


Cinco museus eróticos cheios de história

 Museus do sexo são algumas dessas pequenas e inesperadas surpresas que encontramos em deliciosas cidades turísticas ao redor do mundo.

As cidades mais turísticas do mundo surpreendem o mundo com grandes edifícios, avenidas espetaculares ou parques românticos.
As fotografias se contam em milhões anualmente da Estátua da Liberdade,  Torre Eiffel ou dos canais de Amsterdã, mas andando pelas ruas e saindo do obvio os museus eróticos são algumas dessas pequenas e inesperadas surpresas que vemos em cidades como Nova York, Las Vegas, Praga ou Amsterdã que se transformam numa aventura cheia de histórias.
museu
Sex Machines Museum – Praga

Sex Machines Museum

O Museu Sex Machines em Praga é um exemplo. Localizado na Cidade Velha, o museu foi inaugurado em 2002 e completamente renovado em 2015. Decorado em tons de vermelho, o museu contém mais de 300 exposições, distribuídos por três andares de um edifício histórico do século XVII.

O Sex Machines Museum divide espaço com quartos antigos e modernos objetos eróticos e uma réplica de um filme dedicado à projeção de filmes eróticos em preto e branco do início do século XX.

Venus Temple, Amsterdã

Se há um lugar no mundo onde o erotismo segue normalmente é Amsterdã. Seu distrito da luz vermelha é um ponto de referência por ser um dos bairros mais liberais no mundo em termos de atitude em relação à prostituição, drogas e diversidade sexual. Localizado no “Red Light”, o Venus Temple, é um museu que atrai anualmente meio milhão de turistas. O local ocupa um edifício secular com janelas e tela com figuras e desenhos explícitos. O Templo de Vênus conta a história de sexo ao longo dos séculos com relíquias como um fragmento de porcelanato de navios romanos que deixam pouco à imaginação.

Museu Erótico de Barcelona

A Espanha também tem museus eróticos, um dos quais é o de Barcelona. Localizado no coração da cidade, o Museu de l’Erotica inaugurado em 1997 conta com um universo erótico como o Hindu Kama Sutra, arte erotica banida do Japão, as origens do filme pornográfico espanhol, a história da arte erótica através olhar dos grandes gênios da pintura ou os mais surpreendentes registros sexuais entre outros assuntos.

O museu oferece uma viagem histórica e cultural através do mundo do erotismo e da sua representação na arte através de mais de 800 peças que tornam -se  uma grande coleção.

MofSex New York

New York, a cidade que nunca dorme, também esconde seu Museu do Sexo, mais conhecido como MofSex. Localizado na 233 Fifth Avenue, abriu em 5 de outubro de 2002.

Seu fundador, Daniel Gluck, queria para começar um museu dedicado à ” importância da história, evolução e cultura do desenvolvimento da sexualidade humana”.

O museu concentra-se em uma variedade de preferências e subculturas sexuais, incluindo a história gay e do erotismo entre outros.

Embora as exposições do museu sejam apresentadas em formato educacional é comum ter conteúdo explícito proibido para menores de 18 anos.

Erotic Museum Harry Mohney, Las Vegas

O Erotic Museum Harry Mohney, também conhecido como Museu Erotico Heritage (EHM) surgiu para preservar antigos artefatos eróticos, obras de arte e filmes com erotismo, trabalho educativo , científico e literário relacionados à saúde sexual. O MHE tem mais de 7.000 metros quadrados de exposições permanentes com materiais eróticos históricos e contemporâneas doados.

fonte: https://www.abeme.com.br/cinco-museus-eroticos-cheios-de-historia/


O orgasmo é mais profundo com Marijuana

Em pesquisa as pessoas falam sobre como é fazer sexo sob o efeito de bebidas e Maconha

Recentemente um estudo que analisou como algumas drogas e bebidas afetam o sexo foi publicado na revista Archives of Sexual Behaviour. Os pesquisadores se basearam numa amostra de 24 adultos (metade homens, metade mulheres) e realizou entrevistas em profundidade sobre experiências sexuais sob a influência de cada uma destas substâncias.

O Dr. Joseph Palamar – Professor Assistente de Saúde da População e pesquisador de drogas na New York University (NYU) – foi o pesquisador-chefe por trás do estudo, mas não tinha certeza se era publicável num primeiro momento. “Uma amostra de 24 é muito pequena”, disse ele durante uma conversa por Skype. “Foi na verdade, apenas um piloto. Um grupo da NYU nos financiou como um estudo piloto para que pudéssemos utilizar os resultados preliminares para solicitar um subsídio maior.”

E quanto ao álcool?

Quando se tratava de álcool, os resultados foram bastante previsíveis: a bebida tornar mais sociável de saída – o que significa que facilita o ato de encontrar alguém para o sexo – e é muito mais susceptível de conduzir a um comportamento arriscado e ao arrependimento pós relação.

Mas com a maconha, alguns dos resultados foram surpreendentes. “Alguns participantes relataram que a ilegalidade da maconha contribuiu para facilitar as ações sexuais”, disse o Dr. Palamar. “O álcool pode ingerir em praticamente qualquer lugar, mas você não pode fumar maconha em público, tem que ser numa área privada, ou numa área ‘íntima’, onde você não vai ser preso. Então, se tem alguém que você já atraiu para seu quarto, ou está em um ambiente íntimo, sozinho, e vão fazer algo proibido junto, isto gera certa cumplicidade. Os participantes comentaram como isso facilmente leva ao sexo”. (Este estudo foi realizado nos Estados Unidos).

Martha, 29 anos, instrutora de equitação, disse que há “uma enorme diferença” entre ter relações sexuais com as duas substâncias. “Com o álcool, há uma perda de sensibilidade”, explicou ela. “você fica um pouco anestesiado, dependendo de quanto você ingeriu. Por isso acho que o orgasmo só se sente mais profundamente sobre o efeito da maconha.”

Philipa, uma administradora de 26 anos de idade, sente o mesmo: ” Definitivamente você é um pouco mais estimulado – um pouco mais sensível ao toque – sob o efeito da maconha, o sexo é muito melhor do que quando você bebe. Estar bêbada te faz muitas vezes estar disposta a fazer um sexo de merda”.

Original Por Simon Doherty

fonte: https://www.abeme.com.br/o-orgasmo-e-mais-profundo-com-marijuana/