Bolinhas ou Cápsulas Explosivas

As bolinhas ou cápsulas explosivas, na verdade, não explodem. risos

Antigamente, eram usadas aquelas bolinhas para hidratar a pele após o banho.
E um dia uma mulher resolveu introduzir na vagina, ela derreteu, liberou o óleo, e os sex shops começaram a vender para a mulherada ficar mais lubrificada e dar um perfume gostoso na hora do sexo

Essas bolinhas antigas, são feitas com uma capa de silicone e dentro um óleo mineral com álcool e perfume. E são UM PERIGO para as mulheres. Porque podem dar alergia. Não servem para uso íntimo, pois agridem toda flora vaginal.

Sabendo desse problema, a Hot Flowers foi a primeira indústria a fabricar bolinhas com capa de gelatina, e o seu interior com óleo de coco, além claro, dos aromas comestíveis, ou seja, a probabilidade de dar algum problema é mínima (só se realmente você tiver alguma restrição a esses produtos citados).

Experiência própria: apesar da bolinha ser de material comestível, NÃO ENFIE NA BOCA COMO SE FOSSE UMA BALA! Já fiz isso e não é tão legal. risos.

A bolinha tem o intuito de lubrificar, perfumar ou em caso das funcionais, podem aquecer, esfriar, vibrar ou anestesiar.

Basta introduzir uma bolinha na vagina (caso seja anestésica, introduza no ânus). Após algum tempo, ela irá derreter e soltar a lubrificação e sua função.

Quanto tempo ela estoura? Bem, quanto mais calor e mais umidade a vagina tiver, mais rápido ela derrete. Então varia muito de 5 minutos até, sei lá, 30min?

Após a relação, ela pode sair inteira (contrações voluntárias da vagina ajudam a expelir), ou não.

Caso não saia totalmente, não se preocupe, em alguns dias, a vagina expele naturalmente, e como ela é feita de óleo de coco (que contém vitamina E), ela ajuda a hidratar o interior do canal vaginal.

Ressaltando aqui, que estou falando da bolinha de gelatina da HOT FLOWERS, ok?

Assista o vídeo, e se tiver mais dúvidas, mande um e-mail para guiadosexshop@gmail.com ou pelo nosso formulário de contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *